___Bibliografia discutida ___

TEXTOS PARA DOWNLOAD:http://www.box.net/shared/x7i8kcojttneen7q2cgk

Bibliografia discutida durante os encontros:

E.T.A. Hoffmann: O homem de areia , Os autômatos

Tzvetan Todorov: Introdução à literatura fantástica

Longino: Do Sublime

Sigmund Freud: O inquietante

Irlemar Chiampi: O realismo maravilhoso

Bibliografia geral:

ASSIS, Joaquim Maria Machado de. Uma visita de Alcibíades. In: ______. Papéis avulsos. São Paulo: Peguin Classics Companhia das Letras, 2011. p. 221-232.

______. O espelho. In: ______. Papéis avulsos. São Paulo: Peguin Classics Companhia das Letras, 2011. p. 208-220.

CALVINO, Italo. Introdução. In: ________. Contos fantásticos do século XIX: o fantástico visionário e o fantástico cotidiano. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

CARVALHO, Bruno Berlendis de (Org.). Antologia do vampiro literário. São Paulo: Berlendis & Vertecchia, 2010. (Coleção caninos).

CESARANI, Remo. O fantástico. Tradução de Nilton Cezar Tridapalli. Curitiba: Editora da UFPR, 2006.

CESAROTTO, Oscar. No olho do outro. “O homem da areia”, segundo Hoffmann, Freud e Gaiman. São Paulo: Iluminuras, 1996.

CHIAMPI, Irlemar. O realismo maravilhoso. 2ª ed. São Paulo: Perspectiva, 2008.

Contos africanos dos países de língua portuguesa. São Paulo: Ática, 2002.

CORTÁZAR, Julio. Valise de cronópio. Tradução de Davi Arrigucci Jr. e João Alexandre Barbosa. São Paulo: Perspectiva, 1974. (Coleção Debates, 104).

COVIZZI, Lenira Marques. Uma ficção insólita num mundo insólito. In: ______. O insólito em Guimarães Rosa e Borges. São Paulo: Ática, 1978. p. 25-47. (Coleção Ensaios, 49).

ECO, Umberto. História da feiúra. Trad. Eliana Aguiar. Rio de Janeiro: Record, 2007.

ESTEVES, Lainister de Oliveira (Org.). Contos macabros. 13 histórias sinistras da literatura brasileira. Rio de Janeiro: Escrita Fina, 2010.

FREUD, Sigmund. O inquietante. In: ______. Obras completas. v. 14. Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

GARCÍA, Flávio; MOTTA, Marcus Alexandre (Org.). O insólito e seu duplo. Rio de Janeiro: UERJ, 2009.

HOFFMANN, Ernst Theodor Amadeus. O homem da areia. Trad. Ary Quintella. Rio de Janeiro: Rocco Jovens Leitores, 2010.

JOLLES, André. Formas simples. Trad. Álvaro Cabral. São Paulo: Cultrix, 1976.

KAYSER, Wolfgang. O grotesco. São Paulo: Perspectivs, 1986.

LISPECTOR, Clarice. Viagem a Petrópolis. In: _______. A legião estrangeira. São Paulo: Ática, 1977. p. 61-69.

LOVECRAFT, H. P. O horror sobrenatural na literatura. Tradução Celso M. Paciornick. São Paulo: Iluminuras, 2007.

MÁRQUEZ, Gabriel Garcia. O afogado mais bonito do mundo. In: ______. A incrível e triste história da Cândida Edêndira e sua avó desalmada. Trad. Remy Gorga Filho. 22ª ed. Rio de Janeiro: Record, 2009. p. 46-55.

MARTINHO, Carolina. Poéticas do maravilhoso no cinema e na literatura. Belo Horizonte: Autêntica, 2009.

ORGANON. Revista do Instituto de Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, v. 19, n. 38/39 (O estranho, o maravilhoso, o fantástico), 2005.

POE, Edgar Allan. Pequena palestra com uma múmia. In: ______. Histórias extraordinárias. Trad. José Paulo Paes. São Paulo: Companhia das Letras, 2008. p. 29-47.

RANK, Otto. O duplo. Trad. Mary B, Lee. Rio de Janeiro: Coeditora Basílica, 1936.

RODRIGUES, Selma. O fantástico. São Paulo: Ática, 1988 (Série Princípios, 132).

ROSA, João Guimarães. Meu tio o iauaretê. In: _______. Estas estórias. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1985. p. 160-198.

_______. Fita verde no cabelo (velha nova estória). Ilustração Roger Mello. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1992.

SILVEIRA, Regina da Costa da. A arte de narrar e o animismo em O assobiador, de Ondjaki. In: Veredas. Revista da Associação Internacional de Lusitanistas. V. 13, 2010.

TAVARES, Braulio (Org.). Contos fantásticos no labirinto de Borges. Trad. Julio Silveira e outros. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2005.

_________. Freud e o estranho: contos fantásticos do inconsciente. Trad. Carolina Caires Coelho e outros. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2007.

_________. Páginas de sombra – contos fantásticos brasileiros. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2003.

TODOROV, Tzvetan. A narrativa fantástica. In: _______. As estruturas narrativas. Trad. Leyla Perrone-Moisés. São Paulo: Perspectiva, 1969. (Debates, 14). p. 147-166.

__________. Introdução à literatura fantástica. Trad. Maria Clara Correa Castello. São Paulo: Perspectiva, 1975 (Debates, 98).

ZILBERMAN, Regina (Org.). Os preferidos do público. Os gêneros da literatura de massa. Petrópolis: Vozes, 1987 (Debates Culturais, 4).